Maria Do Carmo Secco

Nasceu em Ribeirão Preto, SP, 1933. Artista plástica, professora e curadora. Estudou na Escola Nacional de Belas Artes, RJ. Em 1963, freqüentou os cursos da Escolinha de Arte do Brasil e do MAM-RJ, sendo orientada nesse último por Ivam Serpa. Durante os anos 60, participanu ativamente do movimento de neovanguarda no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte. Foi professora de desenho no Festival de Inverno da UFMG e fez a curadoria das exposições Brasil Pinturas (1983) e Brasil Desenhos (1984) promovidas pela Funarte e itinerante por Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre. Maria do Carmo recebe premiações nos seguintes salões e bienais: IX BISP (1967); XXII SMBA, MAP, BH (1967); IV SAM II, RJ (1967); II Salão de Ouro Preto, MG (1968); Salão dos Transportes, MAM-RJ (1969); XII SNAPBH, MAP (1981); III Mostra do Desenho Brasileiro, Curitiba (1981). Participou da VIII BISP (1965); I Salão Esso de Artistas Jovens, MAM-RJ (1965); I e II Bienal da Bahia, Salvador (1966-68); Salão da Caixas, Petite Galerie, RJ (1967); IV Salão de Arte Moderna do Distrito Federal, Brasília (1967); Salão de Arte do Paraná, Curitiba (1968); II Bienal do Peru, Lima (1968); IX Salão de Arte Contemporânea de Campinas, SP (1970); Bienal do México (1980); V Salão Nacional de Artes Plásticas, MAM-RJ (1982). Participou, entre outras, das seguintes coletivas: Proposta 65, FAAP, SP (1965); Opinião 66, MAM-RJ (1966); Vanguarda Brasileira, Reitoria da UFMG, BH (1966); Nova Objetividade Brasileira, MAM-RJ (1967); O Rosto e a Obra, Galeria do ICBEU, RJ (1967); O Artista Brasileiro e a Iconografia de Massa, Escola Superior de Desenho Industrial, RJ (1968); I Exposição Internacional de Dibujos, Porto Rico (1968); Arte Pública, Aterro do Flamengo, RJ (1968); Exposição de Pintura, Paço das Artes, SP (1969); Desenhistas Brasileiros, Maison de France, RJ (1970); Panorama de Arte Brasileira, MAM-SP (1970/71/74); 28 Artistas Expõem em Museus da América Latina (1975); Mostra Experimental de Filmes Super 8, Galeria Maison de France e MAM-RJ (1977); Arte Actual da Iberoamérica, Instituto de Cultura Hispânica, Madri (1977); Objeto na Arte, Brasil Anos 60, FAAP (1978); Multimedia Internacional, ECA/USP (1979); Contemporary Works on Paper by 49 Brazilian Artists, Nobé Gallery, Nova York (1979); Arte Heligráfica, Pinacoteca de São Paulo (1981); Do Moderno ao Contemporâneo, Coleção Gilberto Chateaubriand, MAM-RJ (1981); Que Casa é essa da Arte Brasileira?, Galeria Gravura Brasileira, RJ (1982); Arquitetura da Terra, Solar Grandjean de Montigny, RJ (1982); Arte na Rua, MAC/USP (1983); Velha Mania, Parque Lage (1985); Connections Project/Conexus, The Museum of Contemporary Hispanic Art, Mocha, Nova York (1987) e MAC-USP (1989); O Eterno Efêmero, Petite Galerie (1988); Latin American Drawings Today, San Diego Museum of Art, Califórnia, EUA (1991); Preto no Branco e/ou..., Parque Lage (1994); Bienal Brasil Século XX ­ Formação da Arte Contemporânea, Fundação Bienal de São Paulo (1994); Retrospectiva do Fernando Pedro Escritório de Arte, Museu Mineiro, BH (1994); Exposição de Arte Brasileira, Centro de Artes Calouste Gulbekian, RJ (1996); Anos 70 ­ Fotolinguagem, Escola de Artes Visuais do Parque Lage, RJ (1997); Formação da Arte Contemporânea em Belo Horizonte, MAP (1997); Novas Aquisições ­ Coleção Gilberto Chateubriand, MAM-RJ (2000); Situações: Arte Brasileira Anos 70, Casa França-Brasil (2000); O Século das Mulheres ­ Algumas Artistas, Casa de Cultura de Petrópolis (2000). Fez as seguintes individuais: Galeria Vila Rica, RJ (1964); Galeria Guignard, BH (1966); Galeria Fátima, RJ (1967); Petite Galerie (1968/76/87); Galeria do ICBEU, RJ (1969); Documenta, SP (1969); Paço das Artes, SP (1969); Galeria Grupo B, RJ (1973); Galeria Arte Global, SP (1975); Galeria Saramenha, RJ (1978/81/83); Casa do Brasil, Roma (1981); Galeria de Arte da UFF (1984); Galeria Paulo Klabin, RJ (1987); Galeria Gesto Gráfico, BH (1988); 110 Arte Contemporânea, RJ (1989); Fernando Pedro Escritório de Arte, BH (1991); Galeria Cândido Mendes, RJ (1992); Parque Lage, RJ (1994); UERJ, RJ (1994); Centro de Artes Calouste Gulbekian (1994); Paço Imperial, RJ (1995-99); Centro Cultural UFMG (1995); Casa de Cultura Laura Alvim, RJ (1997); Centro Cultural Banco do Brasil, RJ (2001). Tem obras nos acervos do Centro Cultural UFMG, MAP, Paço das Artes, MAM-RJ, MAC-Campinas, MNBA e Centro Cultural Cândido Mendes, RJ.



logol  

© 2014 C/Arte. Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução da marca e de outras imagens do portal C/Arte

sem autorização prévia da editora.

Av.Otacílio Negrão de Lima, 16.570 / CEP 31.555-016
Belo Horizonte /MG - (31) 3491-2001

E-mail: fernandopedro@comartevirtual.com.br

  ytbmini_1 fbmini_1