João Scuotto

Nasceu em São Paulo, 1902 e faleceu em Belo Horizonte, 1982. Escultor. Aprendeu o ofício com o pai, Alfredo Scuotto, assumindo seus trabalhos após sua morte, em 1918. Trabalhou em 1929 para as sociedades carnavalescas do Rio de Janeiro, fazendo carros alegóricos. Recebeu prêmio por seus trabalhos nas comemorações do centenário da Independência do Brasil, RJ (1922). Participou do Salão de Artes de São Paulo (1926), tendo sido premiado com viagem à Itália. Na década de 1930 transferiu-se para São Paulo, continuando a trabalhar para escolas de samba. A convite de Ernesto Natali, mudou-se para Belo Horizonte no início dos anos 50, onde começou a trabalhar na marmoraria dos irmãos Natali. Na capital mineira, executou juntamente com os irmãos Natali, várias esculturas para o Cemitério do Bonfim. Além dos diversos trabalhos que ornamentam esse cemitério, destacam-se entre suas obras: Cristo Redentor, no bairro Milionários, BH; Monumento a Borba Gato, na entrade de Sabará, MG; Busto de Américo René Gianetti, no Senai da Av. Antônio Carlos, BH; Busto de Felício Brandi, na sede do Cruzeiro Esporte Clube, BH. Há também trabalhos do escultor em João Pessoa, Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo.



logol  

© 2014 C/Arte. Todos os direitos reservados.

Proibida a reprodução da marca e de outras imagens do portal C/Arte

sem autorização prévia da editora.

Av.Otacílio Negrão de Lima, 16.570 / CEP 31.555-016
Belo Horizonte /MG - (31) 3491-2001

E-mail: fernandopedro@comartevirtual.com.br

  ytbmini_1 fbmini_1